Conheça os 6 erros mais cometidos por pessoas que perderam o seu patrimônio financeiro.

Publicado em: 01/07/2021

>Conheça os 6 erros mais cometidos por pessoas que perderam o seu patrimônio financeiro.

Engana-se quem pensa que uma fortuna vai durar eternamente: esse é o principal erro de muitas pessoas que perdem tudo que receberam de herança ou mesmo que conquistaram com seus investimentos. Para quem já tem um patrimônio a zelar ou para quem ainda pode vir a ter, vamos apresentar os erros de quem enriquece e perde a fortuna em pouco tempo, com a finalidade de que todos possam  se precaver.

Erro 1

Mudar o padrão de vida para outro muito elevado e difícil de manter.

É como contar com um salário alto para o resto da vida, quando na verdade pode-se perdê-lo de uma hora para a outra. Por isso, a dica é: use seu dinheiro de forma planejada, pois esta é a única forma dele lhe dar satisfações materiais sem causar decepções financeiras. Mantenha o equilíbrio entre o que você ganha e o que gasta, sempre atentando aos imprevistos. “Melhor dinheiro guardado do que dinheiro esbanjado.”

Erro 2

Investir em aplicações que desconhece, só porque alguém indicou.

Educar-se financeiramente e informar-se é fundamental para fazer as escolhas certas. Caso contrário, será como dirigir um carro sem estar habilitado – você pode sofrer um acidente a qualquer momento. A dica é: estude, ouça podcasts financeiros e consulte especialistas em finanças.

Erro 3

Adquirir bens que exigem manutenção dispendiosa.

Como diz o ditado: “Dinheiro não dá em árvore.”, por isso, se você gastar muito, ele irá acabar rápido. Ter uma vida confortável é ótimo, mas requer o aumento do orçamento mensal. Valter Police, planejador financeiro pessoal e autor do livro “Meu planejamento financeiro” (http://editorabuqui.tempsite.ws/item/valter-police#.YNIneRGSnIU), diz que “o imóvel utilizado para moradia pode até se valorizar, dobrar de valor, porém, não pode ser tratado como um investimento financeiro”. A dica é: tenha uma vida mais leve! Lembre-se de que gastar menos é ter mais qualidade de vida. Quanto mais coisas você adquire, mais gasta para mantê-las.

Erro 4

Fazer compras de valores elevados em vários cartões de crédito.

“A porta larga é a porta da perdição”, adverte outro ditado, e quanto mais limites de valores disponíveis você tem, mais facilmente pode perder o controle. Mais cedo ou mais tarde todas as faturas chegam. A dica é: tenha apenas um cartão de crédito, pague à vista o que puder e priorize seus investimentos de futuro.

Erro 5

Abrir um negócio sem ter conhecimento do mercado.

Retirada da letra de “Pecado capital”, de autoria de Paulinho da Viola, a expressão “Dinheiro na mão é vendaval.”, se popularizou, tornando-se uma das máximas quando o assunto é investir bem. Por isso, para que seu dinheiro não “voe ao vento”, não invista em negócios que parecem uma mina de ouro ou sobre os quais você não tem nenhum conhecimento. Negócios próprios podem ser bons investimentos, mas também podem apresentar alto risco e consumir todo o dinheiro que você tem disponível, levando-o à falência. A dica é: se for para investir em um negócio, que seja em um segmento que você conheça. Pesquise sobre o mercado, estude e contrate mão de obra de qualidade.

Erro 6

Não pensar no futuro.

Para finalizar, quem já não ouviu o ditado “Agora Inês é morta.”, ou seja, um dos maiores erros é querer fazer algo quando não há mais nada a fazer. As pessoas que ganham um valor muito alto, tendem a esquecer que o futuro vai chegar, e na mesma velocidade com que o dinheiro chega às suas mãos, também se vai. Por isso, a dica é: mesmo que você tenha dinheiro sobrando hoje, o futuro pode ser incerto – jamais deixe de investir uma boa parte deste dinheiro em um Plano de Previdência Complementar para garantir a segurança dos dias do amanhã.

Calendário PRhosper

Próximos eventos

15/07/2017

Proin gravida nibh vel velit auctor aliquet.

15/07/2017

Proin gravida nibh vel velit auctor aliquet.

15/07/2017

Proin gravida nibh vel velit auctor aliquet.

15/07/2017

Proin gravida nibh vel velit auctor aliquet.